Neurologia

Os animais estão sujeitos a alterações neurológicas diversas, desde convulsões, hérnias de disco que acabam por se refletir em sinais neurológicos, até casos mais complexos, próprios de determinadas raças e também alterações congênitas, que podem ser um desafio diagnóstico ao clínico, por isso se faz necessário uma área de estudo específica para este segmento.

Assim como as outras áreas de estudo, a neurologia veterinária tem se desenvolvido bastante, porém há muito ainda a ser entendido. Devido à complexidade de tal sistema, um determinado sinal clínico, corresponde a uma determinada região neurológica afetada ou um determinado nervo, porém o diagnóstico definitivo pode ter variação diversa. Por isso, um profissional qualificado é a chave para um esclarecimento sobre a doença e principalmente, para um bom prognóstico.

Além de um minucioso exame neurológico, exames complementares com a indicação correta para cada caso, pode ser solicitado para ajudar a investigar as alterações clínicas do paciente.

Algumas doenças podem ter o diagnóstico precoce, facilitando em muito a recuperação do paciente, evitando sequelas. Já outras doenças neurológicas podem ser apenas controladas com o uso de medicações e acompanhadas por uma equipe multidisciplinar, como associação de fisioterapia e acupuntura. Tudo para dar melhor qualidade de vida aos nossos pacientes e companheiros.